Creche Manoel Otávio Rodrigues: encenação da Via Sacra

As crianças da Creche Municipal Manoel Otávio Rodrigues apresentaram no dia 16/4 (quarta-feira) a I Encenação da Via Sacra. Muito bem orientadas por suas docentes, as criança de 1 ano, mui graciosamente, enceram a Via Sacra.

20140416_150423

Crianças de 2 e 3 anos apresentaram os símbolos pascais bem como música sobre a mesma temática.

20140416_145631

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Encenação da Via Sacra no Anexo N. Sra. da Luz – Obras Sociais

O Anexo N. Sra. da Luz, unidade conveniada com a Congregação Salesiana, realizou no dia de hoje, 16/4 (quarta-feira), a Encenação da Via Sacra: crianças de 4 e 5 anos tendo atenção especial ao desenvolvimento sócio-emocional e afetivo por meio da habilidades artísticas.20140416_083252      A referida atividade foi apresentada à Comunidade Escolar que prestigiou atentamente ao que foi apresentado.

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

I Jogos de Educação Infantil e Meio Ambiente – JEIMA da Divisão Distrital da Zona Leste 1

VI Jogos de Educação Infantil e Meio Ambiente – JEIMA

O evento aconteceu no dia 05 de dezembro de 2013, no Centro Municipal de Educação Infantil Antônio Anastácio Cavalcante no horário das 8h às 11h da manhã.

CMEIs participantes do evento:
*Anexo Mãe e Mestra
*Anexo N. Sra. do Brasil
*Anexo N. Sra. da Luz
*CMEI Flavio Emanuel do Espírito Santo Júnior

O evento contou com a participação da Chefe da Divisão Distrital da Zona Leste 1, Geise Roque de Souza, do Gerente de Administração Escolar da DDZ Leste 1, Claudio Régis Damasceno, da Coordenadora de Ed. Infantil da DDZ Leste 1, Luana Souza e dos seguintes assessores da referida coordenadoria de ensino: Assessoras: Célia Regina, Márcia Coelho, Rita Patrícia (Assessoria Pedagógica) e Aline Nascimento (Assessora de Ed. Física) além de da assessoria da Divisão de Educação Infantil (DEI/SEMED) e de representantes da DDZ Leste 2.

20131205_093539 20131205_093536 20131205_093425 20131205_093421 20131205_093418 20131205_093410 20131205_093407 20131205_093358 20131205_095807

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , | Deixe um comentário

Alunos de Escolas da DDZ Leste 1 são premiados na edição 2013 da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (9ª OBMEP)

9ªOBMEP45 Alunos de Escolas do Município de Manaus são premiados na 9ª OBMEP (2013), das quais 7 pertencem a Divisão Distrital da Zona Leste 1. Destaque para Esc. Mul. Antonina de Borges de Sá que recebeu três premiações, uma medalha de Bronze e duas Menções Honrosas.

Slide1 Slide2 Slide3

Slide4

Mensagem aos medalhistas da OBMEP 2013
Primeiramente, receba nossos parabéns pelo excelente desempenho na Olimpíada.
Em virtude desse desempenho você já está convidado a participar do PIC – Programa de Iniciação Científica Jr., que se realizará em 2014 para os medalhistas da OBMEP 2013. O PIC é um programa com duração de 12 meses, que levará você a entrar em contato com interessantíssimas questões no ramo da matemática, ampliando o seu conhecimento científico e preparando você para um brilhante futuro profissional e acadêmico.
- E o que eu preciso fazer para participar?
Para participar, você só precisa de 5 coisas:
1 – Gostar de matemática!
2 – Ter um endereço eletrônico (e-mail).
Parte do Programa é realizado via Internet. Então TODOS os alunos deverão possuir endereço eletrônico (e-mail) e dispor algum tempo semanal para realização de debates e tarefas no fórum on-line.
3 – Confirmar sua inscrição no PIC.
Você deverá receber em casa (no mesmo endereço que você informou quando fez a prova da OBMEP) uma carta da OBMEPcontendo seus dados de acesso (login e senha), necessários para fazer a sua inscrição no PIC pelo sitehttp://pic2013.obmep.org.br/A inscrição deverá ser feita até o dia 14 de fevereiro de 2014. Caso você não receba essa carta até o dia 14 de fevereiro de 2014, entre em contato conosco através do e-mail pic2013@obmep.org.br e informe seu nome completo e data de nascimento.

ATENÇÃO: os medalhistas que não confirmarem a participação até o dia 14 de fevereiro de 2014 pela Internet perderão o direito à participação no Programa e terão suas vagas cedidas aos alunos premiados com menção honrosa.

4 – Preparar os documentos necessários – apenas para os alunos em condições de receber a bolsa-CNPq (veja nas Informações sobre a bolsa CNPq logo abaixo).
5 – Após a confirmação de sua inscrição na página: http://pic2013.obmep.org.br, a partir da segunda semana de janeiro de 2014, consultar no Portal o nome do Coordenador Regional de Iniciação Científica responsável por sua região.

 Informações sobre a bolsa CNPq

O que é a bolsa CNPq?
é um incentivo financeiro concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) aos alunos participantes do PIC que foram medalhistas da OBMEP.
Quem pode receber a bolsa CNPq?
medalhistas da OBMEP 2013 que estiverem matriculados em escola pública durante toda a vigência do programa (até o fim de 2014) e participando regularmente do PIC.
Para receber a bolsa você deverá providenciar a documentação abaixo:

  • Cópia da carteira de identidade (em nome do próprio aluno)
  • Cópia do CPF (em nome do próprio aluno)
  • Cópia do comprovante de residência
  • Comprovante original de matrícula em escola pública (obtido em sua escola)
  • 1 foto 3×4 com fundo branco – em papel e formato digital

A foto digitalizada poderá ser inserida na ficha de inscrição, no ato da confirmação da sua participação no portal do PIC.

Atenção: Caso você não saiba digitalizar a foto, não se preocupe! Por favor, entregue em papel ao seu coordenador de iniciação científica que ele tomará as devidas providências.

Fique atento, prepare logo a sua documentação para receber mais rápido a bolsa CNPq. A documentação será solicitada pelo CRIC no primeiro contato e você deverá entregá-la para ele via correio ou pessoalmente.

Para ajudá-lo, preparamos um calendário resumido com as datas importantes.

até 14 de fevereiro de 2014 Confirmar a inscrição no PIC em http://pic2013.obmep.org.br/
até 14 de março de 2014 Entregar os documentos necessários.
até 22 de março de 2014 Abertura do fórum do 9º PIC (ed. 2013) (acesso pelo portal http://pic2013.obmep.org.br/).

Não perca os prazos. Para participar do PIC é preciso cumprir rigorosamente o calendário.
Dúvidas? Entre em contato com pic2013@obmep.org.br

Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , | Deixe um comentário

Entrega da Premiação do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos

Entrega da Premiação do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos

Nesta quinta-feira (21/11) no período da manhã a Chefe da Divisão Distrital da Zona Leste 1, Geise Roque de Souza, visitou pessoalmente as escolas Etelvina Pereira Braga, Arte e Cultura e Inaneide Cunha para realizar a entrega da premiação do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos.

P1010040 P1010038

O aluno Thiago Santos da escola municipal Inaneide Cunha foi um dos quatro alunos da DDZ Leste 1 que recebeu a premiação pelo primeiro lugar na modalidade de Rummikube. Ressalta-se que a Divisão Distrital da Zona Leste 1 sozinha arrematou toda premiação de Rummikube, obtendo 100% de aproveitamento no circuito.P1010037 P1010032 P1010030 P1010029

O aluno Mateus Vasconcelos da Esc. Mul. Arte e Cultura recebeu a premiação no jogo de Quarto, onde a DDZ Leste 1 ficou com a metade de toda a premiação, com duas medalhas de ouro.P1010028 P1010027 P1010026 P1010025 P1010021 P1010019 P1010017 P1010013

A Esc. Mul. Etelvina Pereira Braga foi a grande vitoriosa do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos, pois obteve sozinha 75% da premiação de Rummikube, com três medalhas de ouro, obtendo uma excelente colocação inclusive estando a frente de duas divisões da SEMED em número de medalhas de ouro.P1010012 P1010011 P1010008 P1010005 P1010003

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Entrega das Premiações do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos

Entrega das Premiações do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos

Nesta segunda-feira (18/11) no período da manhã a Chefe da Divisão Distrital da Zona Leste 1, Geise Roque de Souza, visitou pessoalmente as escolas Engenheiro Antonio Nelson Neto, Maria do Carmo Rebello e Antonina Borges para realizar a entrega da premiação de Xadrez, onde a Divisão Distrital da Zona Leste 1 obteve a 1ª colocação, com 75% de toda premiação do Circuito , já que ficou com 3/4 de todas as medalhas de ouro nessa modalidade.

P1000993

Os alunos receberam das mãos da Chefe da Divisão um micro system, que foi adquirido pela Secretaria Municipal de Educação a título de incentivo pelo empenho e dedicação desses jovens.P1000992

Os Professores da Esc. Mul. Antonina Borges resolveram homenagear o aluno Mateus Cardoso pelo excelente resultado no Xadrez e em sala de aula, comprando o óculos que o aluno havia perdido recentemente.P1000991

Ressalta-se que de quase 500 escolas municipais que estiveram envolvidas no I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos, a DDZ Leste 1 obteve 9 medalhas de ouro de um total de 22 escolas que foram premiadas, já que três categorias não enviaram representantes. O resultado da DDZ Leste 1 corresponde a 40,9% de todas as primeiras colocações nas 25 categorias do Circuito.P1000990 P1000989 P1000987 P1000986 P1000985 P1000984 P1000983 P1000982 P1000981 P1000980 P1000979 P1000978 P1000977 P1000976 P1000975 P1000974 P1000971 P1000966 P1000961 P1000960 P1000959 P1000958 P1000957 P1000954 P1000953 P1000952 P1000951 P1000950 P1000949 P1000947 P1000942 P1000941 P1000940 P1000934

RESULTADO FINAL DO I CIRCUITO EDUCACIONAL DE JOGOS MATEMÁTICAS

MODALIDADE XADREZ

ALUNO

DDZ

EMEF

MODALIDADE

CATEGORIA

COLOCAÇÃO

Caio Eduardo Moraes

V

Engº. Nelson Neto

Xadrez

X1(1º, 2º e 3º ano)

Felipe dos Santos

V

Engº. Nelson Neto

Xadrez

X2(4º e 5º ano)

Mateus Cardoso

V

Antonina Borges de Sá

Xadrez

X3(6º e 7º ano)

José Aníbal

VI

Nossa Senhora das Graças

Xadrez

X4(8º e 9º ano)

MODALIDADE DAMAS

ALUNO

DDZ

EMEF

MODALIDADE

CATEGORIA

COLOCAÇÃO

Alderley dos Santos

VI

José Garcia Rodrigues

Damas

D1(1º, 2º e 3º ano)

Carlos Emanuel

VI

Genilda Martins

Damas

D2(4º e5º ano)

Johny Feitosa

VI

Themistocles Gadelha

Damas

D3(6º e 7º ano)

Francisco Alan

III

Vicente Cruz

Damas

D4(8º e 9º ano)

Maximiliano de Souza

VI

José Garcia Rodrigues

Damas

D5(EJA)

MODALIDADE DOMINÓ

ALUNO

DDZ

EMEF

MODALIDADE

CATEGORIA

COLOCAÇÃO

Maria Alice

III

João Goulart

DOMINÓ

Dm1(1º, 2º e 3º ano)

Raildo Maciel

VII

São Francisco

DOMINÓ

Dm2(4º e 5º ano)

Raimundo Vitor

VII

São Francisco

DOMINÓ

Dm3(6º e 7º ano)

Andrey Kaio Barros Mendes

VI

Temístocles Gadelha

DOMINÓ

Dm4(8º e 9º ano)

Aldercley de Souza Marinho

VI

José Garcia Rodrigues

DOMINÓ

Dm5(EJA)

MODALIDADE RUMMIKUB

ALUNO

DDZ

EMEF

MODALIDADE

CATEGORIA

COLOCAÇÃO

Thiago Santos Pessoa

V

Inaneide cunha

Rummikub

R1(1º, 2º e 3º ano)

Natan da Cruz Gonçalves

V

Etelvina Pereira Braga

Rummikub

R2(4º e 5º ano)

Mariélen Pereira da Costa

V

Etelvina Pereira Braga

Rummikub

R3(6º, e 7º ano)

Débora Biase de Sá

V

Etelvina Pereira Braga

Rummikub

R4(8º e 9º ano)

MODALIDADE QUARTO

ALUNO

DDZ

EMEF

MODALIDADE

CATEGORIA

COLOCAÇÃO

Eliseu Viana Brandão

III

Vinicius de Moraes

Quarto

Q1(1º, 2º e 3º ano)

Mateus Vasconcelos de Almeida

V

Arte e Cultura

Quarto

Q2(4º e 5º ano)

Erika Mariana Reina

V

Maria do Carmo Rabelo

Quarto

Q3(6º e 7º ano)

Aline de Azevedo Veigas

VI

Nossa Senhora das Graças

Quarto

Q4(6º e 7º ano)

A zona leste de Manaus foi destaque no I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos, obtendo 17 primeiros lugares de um total de 22 categorias, isto corresponde a 77,27% do total de todas as premiações.

Parabéns aos alunos, professores, coordenadores administrativos e pedagógicos das escolas vencedoras!

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , | Deixe um comentário

DDZ LESTE 1 OBTÉM EXCELENTES RESULTADOS NA ETAPA FINAL DO I CIRCUITO EDUCACIONAL DE JOGOS MATEMÁTICOS

A Divisão Distrital da Zona Leste 1 obtém excelentes resultados na etapa final do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos que ocorreu hoje (08/11) na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), com 14 medalhas no total, sendo 09 medalhas de Ouro, 03 medalhas de Prata e 02 de Bronze, conforme especificado no quadro abaixo:

MODALIDADE /CATEGORIA

COLOCAÇÃO

ESCOLA MUNICIPAL

ALUNO

D3

(Dama)

2º Colocado (Prata)

ANTONINA BORGES DE SÁ

JAILSON DA COSTA

D4

(Dama)

2º Colocado (Prata)

MARIA DO CARMO REBELLO DE SOUZA

LUÍZ MIGUEL BITENCOURT DE OLIVEIRA

X1

(Xadrez)

1º Colocado (Ouro)

ANTÔNIO NELSON DE OLIVEIRA NETO

CAIO EDUARDO MORAES DA SILVA

X2

(Xadrez)

1º Colocado (Ouro)

ANTÔNIO NELSON DE OLIVEIRA NETO

FELIPE DOS SANTOS BORGES

X3

(Xadrez)

1º Colocado (Ouro)

ANTONINA BORGES DE SÁ

MATEUS CARDOSO

DM1

(Dominó)

2º Colocado (Prata)

HONORINA DE AZEVEDO VASCONCELOS

GABRIELA PEDROSA FURTADO

DM2

(Dominó)

3º Colocado

(Bronze)

ARTE E CULTURA

GUILHERME DE OLIVEIRA NASCIMENTO

DM3

(Dominó)

3º Colocado (Bronze)

NOVA VIDA

JANDERSON RAULINO DA SILVA

Q2

(Quarto)

1º Colocado (Ouro)

ARTE E CULTURA

MATEUS VASCONCELOS DE ALMEIDA

Q3

(Quarto)

1º Colocado (Ouro)

MARIA DO CARMO REBELLO DE SOUZA

ERIKA MARIANA REINA DA SILVA

R1

(Rummikube)

1º Colocado (Ouro)

INANEIDE CUNHA

THIAGO SANTOS PESSOA

R2

(Rummikube)

1º Colocado (Ouro)

ETELVINA PEREIRA BRAGA

NATAN DA CRUZ GONÇALVES

R3

(Rummikube)

1º Colocado (Ouro)

ETELVINA PEREIRA BRAGA

MARIÉLEN PEREIRA DA COSTA

R4

(Rummikube)

1º Colocado (Ouro)

ETELVINA PEREIRA BRAGA

DÉBORA BIASE DE SÁ

P1010001 P1010003 P1010013 P1010012 P1010010 P1010009 P1010008 P1010007 P1010006 P1010005 P1010004 P1010019 P1010018 P1010017 P1010016 P1010015 P1010014 P1010057 P1010056 P1010055 P1010054 P1010053 P1010052 P1010051 P1010049 P1010048 P1010047 P1010046 P1010045 P1010044 P1010043 P1010042 P1010041 P1010040 P1010039 P1010038 P1010037 P1010036 P1010035 P1010034 P1010033 P1010032 P1010031 P1010030 P1010029 P1010028 P1010027 P1010025 P1010024 P1010023 P1010022 P1010021 P1010020

A Divisão Distrital da Zona Leste 1 agradece a todos aqueles que tornaram esses resultados tão positivos: Gestores, Pedagogos, Professores, Alunos, pais e demais colaboradores nas escolas.

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , | Deixe um comentário

PROGRAMAÇÃO DA III CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

FÓRUM ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO AMAZONAS

Imagem 047

PROGRAMAÇÃO

Evento: III CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Local: Auditório Eulálio Chaves/UFAM

Hora: 19h

Data: 16/10/2013

  • Credenciamento – a partir das 16h no Auditório  Eulálio Chaves/UFAM
  • Recepção musical /voz e violão.
  • Anúncio da chegada das autoridades.
  • ABERTURA (M.C) – Senhoras e Senhores, boa noite.

Com a presença do Governador do Estado do Amazonas, Omar Aziz, cumprimentamos a      todos e daremos início a III Conferência Estadual de Educação cujo objetivo é apresentar e discutir propostas para a construção do Plano Nacional de Educação e Sistema Nacional.

  • Composição da Mesa das autoridades:
  • Excelentíssimo Senhor Governador do Estado – Omar Aziz
  • Excelentíssimo Senhor Prefeito de Manaus – Arthur Vígilio Neto
  • Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembléia Legislativa – Josué Neto
  • Excelentíssimo Senhor Presidente do Tribunal de Justiça – Ary Moutinho
  • Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal; Bosco Saraiva
  • Excelentíssimo Senhor Secretário de Estado de Educação e Coordenador Geral do Fórum Estadual de Educação –  Rossieli Soares da Silva
  • Excelentíssimo Senhor Secretário Municipal de Educação; Pauderney Avelino.
  • Magnífica Reitora da Universidade Federal do Amazonas – Márcia Perales
  • Magnífico Reitor da Universidade do Estado do Amazonas – Cleinaldo de Almeida Costa
  • Magnífico Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – João Dias
  • Presidente do Conselho Municipal de Educação – Elaine Ramos da Silva.
  • Hino Nacional Brasileiro.
  • Pronunciamentos.
  • Secretário de Estado de Educação e Coordenador Geral do Fórum Estadual de Educação –  Rossieli Soares da Silva
  • Presidente do Tribunal de Justiça – Ary Moutinho
  • Presidente da Assembléia Legislativa – Josué Neto
  • Governador do Estado – Omar Aziz
  • Descompor a mesa de autoridades.
  • Palestra de Abertura: “O PNE NA ARTICULAÇÃO DO SITEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO: PARTICIPAÇÃO POPULAR; COOPERAÇÃO FEDERATIVA E REGIME DE COLABORAÇÃO”, ministrada pela professora, Arminda Rachel Botelho Mourão, Doutora em Educação,diretora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Amazonas.
  • Convite ao coquetel.

Programação do dia 17/10/2013

  • 7h30 – Leitura e Aprovação do Regimento Interno – Auditório “Eulálio Chaves”
  • 9h – Debates em Salas Temáticas por Eixos – Salas da Faculdade de Ciências Agrárias/Minicampus/UFAM

Imagem 051

  • 12h – Almoço- Refeitório da Faculdade de Ciências Agrárias.
  • 13h30 – Retorno às salas por eixo temático.
  • 18h – Encerramento.

Programação para o dia 18/10

  • 7h30 às 10h30 – Término dos debates e discussões nas salas temáticas.
  • 11h – Plenária Final – Debate e aprovação das propostas advindas das salas temáticas.
  • 12h – almoço – Refeitório da Faculdade de Ciências Agrárias.
  • 13h30 – Retorno a plenária para continuação do debate e aprovação das propostas.
  • 15h30 – Escolha dos delegados por segmento e setores que irão participar pelo Amazonas na CONAE/2014.

18 – Encerramento.

Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , | 2 Comentários

PROGRAMAÇÃO E REGULAMENTO DO I CIRCUITO EDUCACIONAL DE JOGOS MATEMÁTICOS DA DDZ LESTE 1

Imagem

I CIRCUITO EDUCACIONAL DE JOGOS MATEMÁTICOS DA DDZ LESTE 1

Evento: I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos da Divisão Distrital da Zona Leste 1;

Local: Auditório do CEMEJA Samuel Benchimol;

Hora: 8h às 11h (manhã) e 14h às 17 (tarde);

Data: 23/10/2013 (quarta-feira).

Programação para o turno matutino

  • 8h – Credenciamento: Auditório do CEMEJA Samuel Benchimol.
  • Composição da Mesa das autoridades.
  • Solenidade de Abertura (Hino Nacional).
  • Palavra do Secretário de Educação, da Chefe da DDZ Leste 1, dando início ao I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos da Divisão Distrital da Zona Leste 1.
  • 8h30 – Descompor a mesa de autoridades.
  • 8h30 às 10h30 – Disputas de Dama e Dominó.
  • 10h30 – solenidade de Premiação de Dama e Dominó.
  • De 11h às 14h – Intervalo para almoço.

Imagem

Programação para o turno vespertino

  • 14h as 16h30 – Disputas de Xadrez e Quarto.
  • 17h – – Solenidade de Premiação de Xadrez, Quarto e Rumikube.
  • 17h15 – Encerramento.

REGULAMENTO DO CIRCUITO EDUCACIONAL DE JOGOS MATEMÁTICOS DA DIVISÃO DISTRITAL DA ZONA LESTE 1

 


Capítulo I

Do Circuito

Art. 1º O Circuito Educacional de Jogos Matemáticos, é uma ação do Programa Matemática Viva, e dividido em 3 etapas, que acontecerão respectivamente conforme o cronograma abaixo:

Etapas Atividades Datas
Circuito nas Escolas Setembro
Circuito na DDZ Leste 1 23 de Outubro
Final na Sede – DDPM 08 de Novembro

Parágrafo único. Os jogos do Circuito Educacional de Jogos Matemáticos etapa DDZ Leste 1 ocorrerá no mesmo dia e local, a saber, no auditório do CEMEJA Samuel Benchimol, localizado a Rua J, Etapa B, São José II, no dia 23/10/2013, quarta-feira, nos períodos matutino e vespertino de 8h as 17h.

 

Capítulo II

Das Categorias

 

Art. 2º As disputas do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos serão realizadas dentro das seguintes categorias:

Categorias Ano
Xadrez X1 1º, 2º e 3º anos
X2 4º e 5º ano
X3 6º e 7º ano
X4 8º e 9º ano
X5 EJA
Damas D1 1º, 2º e 3º anos
D2 4º e 5º ano
D3 6º e 7º ano
D4 8º e 9º ano
D5 EJA
Dominó Dm1 1º, 2º e 3º anos
Dm2 4º e 5º ano
Dm3 6º e 7º ano
Dm4 8º e 9º ano
Dm5 EJA
Rummikub R1 1º, 2º e 3º anos
R2 4º e 5º ano
R3 6º e 7º ano
R4 8º e 9º ano
R5 EJA
Quarto Q1 1º, 2º e 3º anos
Q2 4º e 5º ano
Q3 6º e 7º ano
Q4 8º e 9º ano
Q5 EJA

Parágrafo único. As siglas no quadro acima significam:

a) D – refere-se ao jogo de Damas;

b) X – refere-se ao jogo de Xadrez;

c) Dm – refere-se ao jogo de Dominó;

d) R – refere-se ao jogo de Rummikub;

e) Q – refere-se ao jogo de Quarto.

 

Capítulo III

Da inscrição no I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos

 

Art. 3º Poderão inscrever-se alunos do 1º ao 9º ano de ambos os sexos, respeitando-se as respectivas categorias especificadas neste regulamento.

Art. 4º As inscrições dar-se-ão por adesão, de acordo com as seguintes orientações:

I.      1ª Fase: Na própria escola, sob responsabilidade da respectiva escola;

II.      2ª Fase: Somente o primeiro colocado em cada uma das 25 categorias (X1, X2, X3, X4, X5; D1, D2, D3, D4, D5; Dm1, Dm2, Dm3, Dm4, Dm5; R1, R2, R3, R4, R5; Q1, Q2, Q3, Q4, Q5) da 1ª fase do certame, que serão automaticamente inscritos na 2ª fase, sob a responsabilidade da DDZ Leste 1, conforme estabelecido no cronograma de entrega dos relatórios da etapa das escolas;

III.      3ª Fase: Os vencedores da 2ª fase serão automaticamente inscritos na 3ª fase do certame pela DDZ realizadora junto a DEF.

Parágrafo único. As listas com os vencedores da 2ª fase serão entregues em mídia e por escrito ao assessor responsável pela 3ª fase da disputa junto a DEF.

Art. 5º Imediatamente após o término da ultima rodada os árbitros e/ou responsáveis deverão repassar os resultados para a Comissão Técnica, que dará sua homologação para a premiação da fase. Após a premiação a Comissão Técnica terá até 2hs para a homologação dos resultados.

Art. 6º Na hipótese de constatação de descumprimento de regra regimental ou de regulamento específico de cada uma das cinco modalidades (Xadrez, Damas, Dominó, Rummikub e Quarto), os participantes poderão interpor recursos em até 30 minutos após o fim de cada partida. Todavia, isto deve ser feito antes do término da rodada em que a partida em questão foi disputada.

 

Parágrafo único. Os recursos serão analisados pela Comissão Técnica, esta decisão será final e irrecorrível.

Capítulo IV

Da Premiação e da Pontuação

 

Art. 7º Ao final do Circuito a organização premiará somente os três primeiros colocados em todas as categorias de jogos.

Art. 8º Apenas o 1º colocado de cada categoria, por DDZ, deverá ser inscrito na final do Circuito.

 

Capítulo V

Da Organização e da Realização

Art. 9º A organização do Circuito Educacional de Jogos Matemáticos é de responsabilidade da Divisão Distrital da Zona Leste 1.

Art. 10 A comissão técnica, formada pelos assessores da DDZ Leste 1 e professores da Rede, é responsável pelas questões técnicas do torneio, inclusive da homologação dos resultados de cada etapa, assim como das questões administrativas.

Art. 11 A realização da 2ª etapas do referido certame é de responsabilidade da DDZ realizadora, que deverá obedecer todas as normas e regulamentos específicos listados nos capítulos VI, VII, VIII, IX e X de acordo com a modalidade específica: Xadrez, Damas, Dominó, Rummikub e Quarto.

Capítulo VI

Regulamento Específico de Xadrez

Art. 12 A competição será regida pelas normas da FIDE  (Federação Internacional de Xadrez) e por este regulamento.

Art. 13 A modalidade acontecerá somente no individual, onde os jogadores poderão competir com alunos do sexo oposto, somente dentro de sua própria categoria, vide quadro.

Art. 14 Antes de começar a partida, os jogadores deverão observar a correta posição das peças, não sendo permitida a reclamação após o terceiro lance efetuado.

Art. 15 Peça tocada é peça jogada. Peça largada é lance feito. Tocou na peça do adversário é obrigado a captura-la. Deve-se pedir licença ao seu adversário para arrumar suas peças.

Art. 16 O jogador deve acionar o relógio com a mesma mão que moveu a peça. É proibido manter a mão sobre o relógio, bater com força, acioná-lo com a peça ou segurá-lo.

Art. 17 A seta do relógio é considerada caída quando for feita uma reclamação por parte de um dos jogadores envolvidos na partida. Não é permitida a intervenção de terceiros, inclusive do arbitro, professor ou qualquer pessoa que esteja acompanhando o jogador/aluno.

Art. 18 O sistema de disputa será o de eliminatória simples, ou seja, o jogador/aluno que perder a partida estará eliminado do jogo, exceto nas semifinais onde haverá a disputa pelo terceiro lugar.

Art. 19 Serão adotadas as seguintes penalidades para lances irregulares:

1º lance irregular: advertência

2º lance irregular: advertência

3º lance irregular: eliminação da partida

Parágrafo único – Ao termino da partida, o jogador deverá informar o resultado da mesma ao arbitro e retirar-se da área de jogo. Não será permitida a permanência do jogador na área de jogo quando não está em disputa.

Art. 20 O tempo de partida será de 20min, onde serão aplicadas as leis do Xadrez rápido.

Parágrafo único – Será permitida a presença de espectadores (familiares ou o professor responsável pelo jogador/aluno), técnicos, somente na condição de permanecerem em absoluto silêncio, não devendo intervir numa partida de forma alguma. Se for necessário, o árbitro ou responsável pelo certame, poderá retirar os infratores da área de jogo.

Art. 21 A partida também é considerada ganha quando o adversário abandona ou se recusa a cumprir os regulamentos da mesma.

Art. 22 Os casos omissos no regulamento serão resolvidos pelo coordenador do certame.

Capítulo VII

Regulamento Específico de Damas

Art. 23 O jogo de damas é praticado em um tabuleiro de 64 casas, claras e escuras. A grade diagonal (escura) deve ficar sempre à esquerda de cada jogador. O objetivo do jogo é imobilizar ou capturar as peças do adversário.

Art. 24 O jogo de damas é praticado entre dois adversários, com 12 pedras brancas de um lado e 12 pedras pretas do outro lado. O lance inicial cabe sempre a quem estiver com as peças brancas.

Art. 25 O tempo de duração da partida será de 10 minutos, onde será aplicado o regulamento oficial do jogo de damas.

Art. 26 O sistema de disputa será o de eliminatória simples, ou seja, o jogador/aluno que perder a partida estará eliminado do jogo, exceto nas semifinais onde haverá a disputa pelo terceiro lugar.

Art. 27 As “pedras” na disputa de damas, só andam para frente, uma casa de cada vez. Quando a pedra atinge a oitava linha do tabuleiro, ela é promovida à dama.

Art. 28 A dama é uma peça de movimentos mais amplos. Ela anda para frente e para trás, quantas casas quiser. A dama não pode saltar uma peça de mesma cor.

Art. 29 A captura é obrigatória. Não existe sopro. Duas ou mais peças juntas, na mesma diagonal, não podem ser capturadas.

Art. 30 A pedra captura a dama e a dama captura a pedra. Pedra e dama tem o mesmo valor para capturarem ou serem capturadas.

Art. 31 A pedra e a dama podem capturar tanto para frente quanto para trás, uma ou mais peças.

Art. 32 Se no mesmo lance se apresentar mais de um modo de capturar, é obrigatório executar o lance que capture o maior numero de pedras (Lei da maioria).

Art. 33 A pedra que durante o lance de captura de várias peças, apenas passe por qualquer casa de coroação, sem aí parar, não será promovida à dama.

Art. 34 Na execução do lance de captura, é permitido passar mais de uma vez pela mesma casa vazia.

Art. 35 Na execução do lance de captura, não é permitido capturar a mesma peça mais de uma vez e as peças capturadas não podem ser retiradas do tabuleiro antes de completar o lance da captura.

Art. 36 A vitória, ganha a partida o jogador que capturar todas as peças adversárias ou as deixar sem movimento possível. A partida também é considerada “ganha” quando o adversário abandona ou se recusa a cumprir as regras deste regulamento.

Art. 37 O desempate, Após 20 lances sucessivos sem captura ou deslocamento efetivo das pedras, a partida é declarada empatada. O desempate será efetivado realizando-se uma nova partida, permanecendo o impasse far-se-á um “sorteio” para definir o vencedor da partida.

Capítulo VIII

Regulamento Específico de Dominó

 

Art. 38 As disputas de dominó no I Circuito de Jogos Educacionais será realizado entre dois adversários.

Art. 39 Cada jogador recebe 7 pedras, 14 pedras ficam dispostas para “compra” no caso do oponente não possuir a pedra da vez na sua vez de jogar.

Art. 40 O início do jogo obedecerá a seguinte ordem:

I.      Quem possuir a pedra 6×6 (carroça de 6/Sena);

II.      Quem possuir a pedra 5×5 (carroça de 5/Quina);

III.      Quem possuir a pedra 4×4 (carroça de 4/Quadra);

IV.      Quem possuir a pedra 3×3 (carroça de 3/Terno);

V.      Quem possuir a pedra 2×2 (carroça de 2/Duque);

VI.      Quem possuir a pedra 1×1 (carroça de 1/Ás);

VII.      Quem possuir a pedra 0x0 (carroça de 0/Branco).

Art. 41 Ganha a partida o jogador que “baixar” todas as suas pedras ou fechar o jogo, totalizando 100 pontos.

Art. 42 Jogar para fechar o jogo não deve ser o objetivo do jogador, sendo aceito apenas o “fecha” natural.

Art. 43 O jogo fica fechado quando não é mais possível baixar pedras por nenhum dos jogadores.

Art. 44 Quando o jogo fica fechado, quem possuir o menor número de pontos nas peças que restarem em suas mãos, ganha o jogo.

Art. 45 A contagem dos pontos será calculada da seguinte maneira:

I.      Quem baixar todas as peças ganha os pontos da soma de todas as peças que sobrarem na mão do adversário;

II.      Quem fizer o adversário passar, ganha 20 pontos;

III.      Quem fizer todos os adversários passarem ganha 50 pontos;

IV.      Ganha o jogo, o primeiro jogador que atingir 100 pontos;

V.      Batida de “carroça” vale 20 pontos.

Art. 46 Caso algum jogador inicie o jogo com 4, 5 ou 6 “carroças”, as pedras deverão ser repostas na mesa e a partida reiniciada.

Capítulo IX

Regulamento Específico de Rummikub

 

Art. 47 Ao iniciar a partida, as 106 peças do Rummikub deverão ser colocadas sobre a mesa com suas faces voltadas para baixo, a fim de serem selecionadas pelos jogadores.

Art. 48 Cada jogador escolhe uma peça, a peça mais alta determina quem inicia o jogo. Em caso de empate repete-se o processo. Quem tirar a peça “coringa” inicia o jogo.

Art. 49 Uma vez definida a ordem do jogo, as peças voltam à mesa e são novamente misturadas. Então, cada jogador escolhe 14 peças, colocando-as em seu suporte, para o inicio do jogo. As peças restantes permanecem no “monte”, com as faces voltadas para baixo, em um canto da mesa.

Art. 50 Cada jogador, na sua vez, deverá juntar suas peças ou com as peças já postas na mesa para formar combinações até “esvaziar” seu suporte.

Art. 51 Ganha o jogo quem primeiro conseguir esvaziar seu suporte e formar as devidas combinações aceitáveis sobre a mesa. São consideradas combinações “aceitáveis” os grupos (3,3,3 por exemplo) e as sequências.

Grupos (trincas ou quadras) são conjuntos de 3 ou 4 peças com o mesmo número na face, que devem necessariamente ser de cores diferentes.

Sequências são conjuntos de 3 a 13 peças da mesma cor, com números em ordem crescente.

Art. 52 O coringa pode completar qualquer combinação e valer o número da peça que ele está substituindo, no grupo na sequência.

Art. 53 A primeira jogada de cada jogador deve colocar sobre a mesa pelo menos 30 pontos.

Art. 54 Sempre que um jogador não tiver nada para jogar, ou não puder fazer um mínimo de 30 pontos em sua primeira jogada, ele deverá “comprar”, ou seja, escolher mais uma peça do “monte” e adicioná-la às suas peças.

Art. 55 Durante a vez de cada jogador, as peças sobre a mesa podem ser manipuladas á vontade, formando novas combinações. As únicas obrigações do jogador são:

I.      Ao final de cada jogada, todas as peças sobre a mesa devem estar fazendo parte de alguma combinação válida;

II.      Ele deve ter jogado ao menos uma peça nova sobre a mesa;

III.      Se for a sua primeira jogada válida, as peças jogadas devem somar pelo menos 30 pontos;

IV.      São exemplos de manipulações possíveis;

V.      Cortar uma sequencia: o jogador pode retirar a peça inicial ou final de uma sequência para usá-la em uma outra combinação, desde que a sequência permaneça com pelo menos 3 peças;

VI.      Cortar uma quadra: o jogador pode retirar uma das peças de uma quadra (que se torna então uma trinca) para usá-la em uma outra combinação. O mesmo não pode ser feito em trincas, já que a combinação de duas peças na mesa não é considerada uma combinação aceitável;

VII.      Deslocar uma sequencia de três: ao se colocar uma peça na ponta (início ou final) de uma sequência de três peças, esta passa a ter 4 peças, e portanto a outra ponta pode ser retirada para uso em outra combinação.

VIII.      Substituir uma trinca: numa trinca posta sobre a mesa, o jogador pode adicionar a peça de mesmo número e da cor que falta, transformando-a numa quadra, e, portanto podendo retirar uma das pontas e usá-la em uma outra combinação.

IX.      Dividir uma sequência: um jogador pode dividir uma sequência longa e colocar as peças correspondentes no meio, desde que as sequências resultantes fiquem com pelo menos 3 peças cada uma.

X.      Substituir um coringa: se o jogador possuir a peça que substitui um coringa em uma sequência, trinca ou quadra, uma combinação sobre a mesa, ele pode trocá-la, podendo a seguir usar o coringa em qualquer outra combinação.

Art. 56 Ganha o jogo aquele jogador que primeiro conseguir descartar todas as suas peças, mostrando ao seu(s) adversário(s) que seu suporte está vazio. Os demais jogadores, então, mostram as peças que lhes restaram e contam seu valor de face, sendo a soma do valor destas peças o total de pontos negativos do jogador. Também para esta contagem o coringa vale 20 pontos. O jogador vencedor leva a soma dos pontos de todos os outros jogadores.

Capítulo IX

Regulamento Específico de Quarto

 

Art. 57 O jogo desenvolve-se num tabuleiro 4×4. Existem 16 peças únicas, cada uma delas com 4 atributos:

I.      Grande ou pequena;

II.      Vermelha ou azul (ou qualquer outro par de cores diferentes);

III.      Quadrada ou redonda;

IV.      Oca ou maciça.

Art. 57 Os jogadores, na sua vez de jogar, escolher uma peça que o seu adversário terá que colocar no tabuleiro.

Art. 58 O jogador vence a partida se, ao colocar a peça na sua vez, conseguir formar uma linha, coluna ou diagonal em que todas as peças alinhadas tenham uma característica em comum (todas pequenas, todas grandes, todas redondas, todas quadradas, todas da mesma cor, todas perfuradas, etc.).

Art. 59 O jogo termina em empate se todo o tabuleiro estiver preenchido e não se tiver verificado nenhuma situação de vitória.

Art. 60 Do desempate, o empate provocará uma nova partida. Prevalecendo o impasse, far-se-á um “sorteio” para definir o vencedor.

Capítulo X

Das Proibições

 

Art. 61 Fica expressamente proibido qualquer tipo de manifestação da assistência ou representante da escola durante a execução das partidas.

Art. 62 É expressamente proibido as seguintes condutas e equipamentos:

I. Quaisquer manifestações que atinja a integridade física e moral dos participantes;

II. Quaisquer manifestações que atinja a integridade física e moral da comissão técnica;

III. O uso de palavras de baixo calão;

IV. Utilização de celulares e outros dispositivos eletrônicos que produzam ruídos, que possam comprometer a concentração dos participantes durante a execução das partidas;

V. Incitar ou provocar os demais participantes.

Art. 63 Em relação ao descumprimento do Art. 62 ficam estipuladas as seguintes penalidades conforme o grau de gravidade que a situação exigir:

I. Advertência verbal – quando o participante pela primeira vez infringir quaisquer das condutas descritas no Art. 62;

II. Exclusão do infrator do local onde estiver ocorrendo às partidas – quando houver a reincidência de qualquer das infrações descritas no Art. 62;

III. Eliminação da escola – quando reiteradamente e insistentemente houver o descumprimento dos incisos anteriores;

 

Capítulo XI

Das Disposições Finais

Art. 64 As partidas serão definidas por eliminação simples, isto é, perdendo a primeira disputa a escola já está eliminada, a exceção das semifinais onde haverá a disputa pela terceira colocação.

Sorteio das disputas do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos da DDZ Leste 1

Sorteio das disputas do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos da DDZ Leste 1

Art. 65 Em virtude do quantitativo de inscritos em algumas categorias impossibilitarem o pareamento das disputas será realizado um sorteio com a presença dos representantes das escolas, no dia 16/10 (quarta-feira) pela manhã, no auditório da Esc. Mul. Maria do Carmo Rebello de Souza, onde serão definidas as chaves e a ordem das disputas dessas categorias.

Sorteio das disputas do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos da DDZ Leste 1

Sorteio das disputas do I Circuito Educacional de Jogos Matemáticos da DDZ Leste 1

Art. 66 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

Art. 67 Este regulamento entra em vigor na data de sua publicação e divulgação para as escolas.

Manaus, 16 de outubro de 2013.

Nota | Publicado em por | Marcado com | Deixe um comentário

Blog fala sobre Educação Fsical em ambiente virtual de apreendizagem

Blog fala sobre Educação Fsical em ambiente virtual de apreendizagem

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Escolas da zona Leste participam da 1ª Feira Municipal de Ciências Naturais

Setenta e três escolas municipais da Divisão Distrital da Zona Leste I (DDZ I)  da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram, nesta quarta-feira, da 1ª Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental. Com o tema ‘Que planeta eu quero para o meu futuro? Crescendo e aprendendo a ser sustentável’, o evento foi realizado na Escola Municipal Honorina de Azevedo Vasconcelos, bairro São José II, zona Leste da cidade.

Link | Publicado em por | Deixe um comentário

Programação da I Feira Municipal da Divisão Distrital da Zona Leste 1

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental da DDZ Leste 1

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental da Esc. Mul. Alfredo Linhares

Doenças causadas por vírus foram um dos temas tratados na I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental da Escola Municipal Alfredo Linhares. O evento ocorreu no dia 14 de agosto do corrente ano. O vírus do papiloma humano (HPV) está associado ao câncer do colo uterino, que devido a sua alta incidência nos índices de mortalidade feminina na região norte é objeto de uma gigantesca campanha de prevenção, que foi lançada no último dia 09/08/2013 pelo prefeito de Manaus, Arthur Neto e pelo Governador do Estado do Amazonas.

Vídeo | Publicado em por | Marcado com , , | Deixe um comentário

AULA PRESENCIAL DAS TURMAS AM-21 E AM-22 CODEF 2013‏

Caro Cursista,

Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , | Deixe um comentário

I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental

Esc. Mul. Heleno Nogueira dos SantosP1000407 P1000408 P1000409 P1000410 P1000411 P1000412 P1000413 P1000414 P1000415 P1000416 P1000433 P1000434 P1000437 P1000438 P1000440 P1000441 P1000442 P1000443P1000445 P1000446 P1000451 P1000452

Esc. Mul. Francisca Soares Dos Santos P1000424 P1000426 P1000428 Esc. Mul. Lígia Mesquita Fialho   P1000462 P1000463 P1000464 P1000466 P1000467 P1000468 P1000469 P1000470 P1000471 P1000472    P1000477

Esc. Mul. Roberto Ruiz HernandezP1000509 P1000510 P1000511 P1000513 P1000515 P1000517 P1000519 P1000520 P1000522 P1000523 P1000525 P1000527 P1000528 Esc. Mul. Raimunda Barroso Ramires

P1000530 P1000531 P1000532 P1000533 P1000534 P1000537 P1000538 P1000539 P1000540 P1000541 P1000542 P1000543  P1000545 P1000546 P1000547 P1000548 P1000549 P1000550 P1000551

Esc. Mul. Aristóteles Comte de AlencarP1000552 P1000553 P1000554 P1000555 P1000556 P1000557 P1000558 P1000559

Esc. Mul. Bem-Te-ViP1000560 P1000561 P1000562 P1000563 P1000564 P1000565 P1000566 P1000568 P1000569 P1000570 P1000573 P1000574 P1000575 P1000576 P1000577 P1000578CMEI Padre Luís Ruas

P1000579 P1000581 P1000582 P1000583 P1000584 P1000585 P1000586 P1000587 P1000588 P1000589 P1000590 P1000592 P1000593 P1000594 P1000595 P1000596 P1000597 P1000599 P1000600Esc. Mul. Ana Maria De Souza BarrosP1000602 P1000603 P1000604 P1000605 P1000606 P1000607 P1000608 P1000609 P1000610 P1000611 P1000612 P1000613 P1000614CMEI Ana Rosa Gattorno P1000621 P1000622 P1000623 P1000624 P1000625 P1000626 P1000627 P1000628 P1000629 P1000630 P1000631 P1000633 P1000634 P1000636 P1000637 P1000638 P1000639 P1000640 P1000641 P1000642 P1000643 P1000644 P1000645 P1000646 P1000647

Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , , , | Deixe um comentário

I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental no CMEI Flávio Emanuel do Espírito Santo

P1040615P1040631P1060379P1000481P1000498CMEI Flávio Emanuel

Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , , , | Deixe um comentário

I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental da Escola João Chrysóstomo de Oliveira

P1000318

A Esc. Mul. João Chrysóstomo de Oliveira que está localizada Rua Curica, 50, São José II realizou nesta sexta-feira (02/08) sua mostra de ciências naturais, tecnologia e educação ambiental. A ação faz parte do Cronograma de atividades da Divisão Distrital da Zona Leste 1 (DDZ LESTE 1), que por sua vez são incorporadas ao calendário mensal de atividades da Secretaria Municipal de Educação (SEMED). A I Feira Municipal Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental vem aquilatar as inúmeras atividades que já estão sendo desenvolvidas pelas 73 escolas da DDZ Leste 1.

P1000324P1000327

Dentre as atividades destaca-se que as crianças apresentaram os cuidados que devemos ter com relação à escovação adequada para garantir a higidez dentária. Elas também informam os tipos de alimentos que são mais saldáveis e adequados para manutenção da saúde bucal.

P1000328P1000330

As crianças apresentaram ainda as diferenças entre os vários tipos de sabores relativos ao paladar. Explicando também a relação dos órgãos dos sentidos com suas respectivas percepções sensoriais, apresentaram o conhecimento de forma divertida como a atividade que elas fizeram uma brincadeira com o raio X.

P1000331P1000333P1000335P1000338P1000339P1000340P1000341P1000342

O sistema solar foi uma atividade que chamou a atenção de todos que estavam visitando as exposições, muito criativa, onde as crianças falavam com muita propriedade sobre os planetas que compõem o sistema solar, explicando particularidades sobre cada planeta do nosso sistema solar, fizeram ainda maquetes com todos os planetas e o sol e ainda utilizaram algumas tecnologias tais como o Lego Educacional para demonstrar o movimento de rotação e translação da Terra.

P1000343P1000344P1000345P1000346P1000347P1000348P1000349P1000350P1000352P1000353P1000354P1000355P1000356P1000357P1000358P1000359P1000361P1000362

As crianças falaram sobre reutilização de materiais e para tanto construíram uma brinquedoteca inteiramente com esses materiais que utilizamos no cotidiano mas que acabam sendo descartados no meio ambiente de forma irresponsável gerando um alto custo financeiro, ambiental e social. Além dos brinquedos elas produziram luminárias, abajures, uma estante feita com caixas de verdura, artigos de decoração, parabéns para os alunos e suas professoras.

P1000363P1000366P1000367P1000368P1000369P1000370P1000371P1000372P1000373P1000374P1000375P1000376P1000377P1000378P1000379P1000380P1000381P1000382P1000383P1000384P1000385P1000386P1000387P1000388

Existe na escola um projeto de sensibilização sobre a importância das plantas para nossa sobrevivência, onde as crianças apreendem através de encenações teatrais e praticam através do plantio de mudas de plantas decorativas e frutíferas no entorno da escola. Para simbolizar que o esforço de preservar e cuidar da natureza não é somente uma tarefa da escola como também da SEMED, mas uma ação ininterrupta de toda a sociedade, a Chefe da DDZ Leste 1, Geise Roque de Souza e o Gerente de Administração Escolar, professor Cláudio Régis Damasceno, realizaram o plantio de uma muda nos jardins da escola.

P1000389P1000390P1000391P1000392P1000393P1000394P1000395P1000396P1000400P1000401P1000402P1000403P1000405P1000406

Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , , | 2 Comentários

Cronograma de realização da I Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental – 2013: Etapa das escolas da DDZ Leste 1.

Mês

Data

Escola

Agosto

02/08

1

Esc. Mul. João Crysostomo de Oliveira

07/08

2

Esc. Mul. João dos Santos Braga

3

Esc. Mul. Honorina de Azevedo de Vasconcelos

08/08

4

CMEI Nossa Senhora da Conceição

5

Esc. Mul. Francisca Soares dos Santos

6

Esc. Mul. Heleno Nogueira

7

CMEI Cristo Rei

09/08

8

Esc. Mul. Boa Esperança

9

Esc. Mul. Gov. Amazonino Mendes

10

Esc. Mul. Ligia Mesquita Fialho

12/08

11

Esc. Mul. Armando de Souza Mendes

12

Esc. Mul. Davison Pereira

13

Esc. Mul. Anísio Teixeira

14

CMEI Humberto Calderaro

13/08

15

Esc. Mul. Pequeno Príncipe

16

CMEI Flávio Emanuel do Esp. Santo Júnior

14/08

17

Esc. Mul. Raimunda Barroso Ramires

18

Esc. Mul. Aristóteles Comte de Alencar

19

CMEI Poeta Antonio Gonçalves Dias

20

Esc. Mul. Roberto Ruiz Hernandez

21

Esc. Mul. Alfredo Linhares

15/08

22

Esc. Mul. Maria Rodrigues Tapajós

23

Esc. Mul. Alan Kardec

24

Esc. Mul. Bem-Te-Vi
25 Creche Municipal Monuel Otávio Rodrigues Souza

26

CMEI São Francisco

16/08

27

Esc. Mul. Inaneide Cunha Marques

28

Esc. Mul. Jorge Resende Sobrinho

29

Esc. Mul. Raimundo G. Nogueira

30

CMEI Padre Luiz Ruas

31

Esc. Mul. Ricardo P. Parente

32

Esc. Mul. Ana Maria de Souza Barros

19/08

33

CMEI Ana Rosa Gattorno

34

Anexo Esc. Mul. Anísio Teixeira

35

Anexo Esc. Mul. Nossa Senhora da Luz

36

Anexo Esc. Mul. Nossa Senhora do Brasil

20/08

37

Esc. Mul. Arte e Cultura

38

Anexo Esc. Mul. Nossa Senhora Mãe Mestra

39

Esc. Mul. Albérico Antunes de Oliveira

40

Esc. Mul. Etelvina Pereira Braga

21/08

41

CMEI Antonio Anastácio Alcântara

42

Esc. Mul. Moisés de França Viana

43

CMEI Abelhinha

22/08

44

Esc. Mul. Antonina Borges de Sá

45

Esc. Mul. Francisca Pergentina da Silva

47

Esc. Mul. Nova Vida

48

Esc. Mul. Dom Luiz Soares Vieira

23/08

49

Esc. Mul. Agenor Ferreira Lima

50

CMEI Chapeuzinho de Palha

51

CMEI Balbina Mestrinho
52 CMEI Poeta Manuel Bandeira

53

Esc. Mul. Francisco Guedes

54

Esc. Mul. Vila da felicidade

55

CMEI Moacir Andrade

26/08

56

Esc. Mul. Catarina Paz da Costa

57

Esc. Mul. Rui Barbosa Lima

58

Esc. Mul. Carolina Perolina Raimunda Almeida

59

Esc. Mul. Tancredo Neves

27/08

60

Esc. Mul. Anita Garibaldi

61

CMEI Dilsen Silva Alves

62

Esc. Mul. Leonor Uchoa Amorim

63

Esc. Mul. José Jeferson Carpinteiro Peres

28/08

64

Esc. Mul. Francisca Mendes

65

Esc. Mul. Maria do Carmo Rebello de Souza

66

Casa Mamãe Margarida

67

Esc. Mul. Poeta João Cabral de Melo Neto

68

Hemetério Cabrinha

69

Esc. Mul. Engº. Antonio Nelson de Oliveira Neto

Escolas em Reforma e outras situações.

70

Esc. Mul. Julia Barjona

71

CEMEJA

72

CMEI Santa Izabel

73

Esc. Mul. Graciele Fernandes Zany

74

Esc. Mul. Regina Vitória Perez Muniz
Publicado em Eventos em 2013 | Marcado com , , | Deixe um comentário

Festa julina da DDZ LESTE 1

Imperdível venha participar da Festa Julina da Divisão Distrital Zona Leste 1, o evento acontece nesta quinta-feira (25/07), a partir das 18h, toda a comunidade escolar da DDZ Leste 1 está convidada.

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário